PT | EN | FR | IT

Cidade dos Almirantes

Medina de Rioseco localiza-se no planalto de Castela, a uma distância de duzentos quilómetros até da praia. Esta cidade, capital natural da Terra de Campos fica a 45 quilómetros a norte de Valladolid a uma altura de 735 metros e, actualmente com mais de 5000 mil habitantes. No ano de 1424, a 19 de Abril tornou-se cidade dos Almirantes do Reino de Castela, sendo Alonso Enríquez o primeiro dos Almirantes.

A sua economia está baseada numa agricultura de regadio, numa indústria agro-alimentar e no turismo. A cidade oferece ainda diversos serviços administrativos e de lazer. O Rio Sequillo, por vezes, sofre inundações mas normalmente tem uma cadeia de água, atravessando parte da área moderna da cidade.

História

Medina de Rioseco já era habitada no período Neolítico, embora o seu esplendor tenha começado nos inícios do século XIV. As feiras e mercados, os mercadores ricos, o ducado, a criação de templos e palácios; os artistas, arquitectos e artesãos, todos eles vindos através da família Enríquez, considerado um lugar privilegiado. Nos meados do século XVII, o Rei Felipe IV concede o título de cidade em consideração aos muitos, bons e leais serviços que o concelho fez aos Reis.

A construção do Canal de Castilla termina no meio do século XIX, sendo ao mesmo tempo inaugurada a ferrovia.

Património

A Rua Maior, estreita e irregular, protege quem por lá passa, do sol e do frio. As suas arcadas ainda mantêm a mesma aparência de tempos antigos, quando feirantes e mercadores, aí comercializavam os seus produtos. A parte velha da cidade foi declarada conjunto histórica em 1965.

A cidade de Medina de Rioseco tem vários prédios com relevante interesse arquitectónico, nomeadamente:

Museu de Arte Sacro de São Francisco. A Igreja, consagrada, em 1520 é um convento financiado pelos Almirantes de Castela e declarado de Interesse Cultural em 1931.
O seu estilo é Gótico, com uma nave e um coro na parte traseira. Além disso têm oito magníficas capelas.

São destacáveis as tribunas feitas pelos irmãos Corral, do Município de Villalpando ou algumas das peças no Retablo Maior feitas por Miguel de Espinosa e pelo Frade Jacinto de Sierra.
É ainda importante de referir as esculturas em argila de Juan de Juni e da extraordinária colecção hispano-filipina de esculturas de marfim do século XVII.

Igreja de Santa Maria de Mediavilla. De estilo Gótico, com três naves abóbadas, cuja construção, maior parte dela, foi coordenada por Gaspar Solórzano. Foi declarado monumento de Interesse artístico 4 de Junho de 1931.
Dentro da Igreja podemos ver a Capela dos Benavente, uma das melhores jóias na Espanha, feita em policromia e estuque de ouro. O Retablo da capela é uma obra de Juan de Juni.

O Museu da Semana Santa, situado na Igreja de Santa Cruz, do século XVI de estilo Herrera, foi realizado pelo arquitecto Felipe de la Cajiga.
Foi totalmente restaurada, actualmente serve de abrigo aos Andores da Semana Santa Riosecana, evento declarado de Interesse Turístico Internacional em 2009.

Igreja de Santiago, Rodrigo Gil de Hontanón foi o arquitecto responsável por esta obra, datada em 1533,com intervenções, posteriormente, de diversos arquitectos, explicando assim os vários estilos na sua construção; estilo plateresco na parte Sul, de Miguel de Espinosa; estilo Gótico na parte Norte e estilo Classicista na parte feita por Álvaro de Tolosa.

A Igreja pertence ao Gótico tem como principais características a luminosidade interior e a grandeza enfatizada com grandes abóbadas. Foi declarada monumento histórico – artístico no dia 8 de Outubro de 1964. Recomenda-se aos visitantes uma passagem pelo Centro de Interpretação da Cidade dos Almirantes, para apreciar o presente, passado e futuro desta cidade.

Lazer

Par ailleurs, il est possible de profiter de la nature en toute tranquillité dans la ville même ou dans les environs. Les visiteurs ayant le goût de l’aventure peuvent faire une randonnée à pied ou à vélo tout le long de la rive du Canal jusqu’à l’ermitage de Castilviejo.

Para quem nos visita, existem diferentes possibilidades para desfrutar da natureza e de locais para repousar, não só dentro da própria cidade mas também ao seu redor.

O visitante pode ainda explorar nas nossas duas importantes Rotas de Grande distância, uma delas pelo Canal de Castela e a outra pela Terra de Campos, atravessando as localidades de Palacios de Campos e Montealegre.

La Semaine Sainte de Rioseco, déclarée d’Intérêt Touristique International, est l’expression annuelle de la tradition et la dévotion de ses habitants.

Accompagnés du chant des moineaux, les confréries éclairent chaque année, du Jeudi Saint au Dimanche de Résurrection, dix-neuf chars portant des statues sculptées par les meilleurs imagiers de Castille: Gregorio Fernández, Juan de Juni, Mateo Enríquez et Juan de Muniátegui.

POSTO DE TURISMO:
Paseo de San Francisco, nº 1
47800 – Medina de Rioseco
+34 983 720 319

Canal de Castela

O Canal de Castela foi um dos sonhos da ilustração do século XVIII. O plano era criar uma rede navegável de Canais para facilitar a exportação da lã, vinho e cereais devido à não existência de portos marítimos em Castela e pela importância da produção desses produtos.

A flora da região é única e, os grandes campos Castelhanos originam uma paisagem peculiar e digna de contemplar nas suas diferentes estações, especialmente bonita no Outono, quando o canal fica em tons de um ocre admirável, podendo funcionar como um escape ao quotidiano.

Navio turístico “Antonio de Ulloa” navega regularmente de Terça-feira até Domingo em Medina de Rioseco. As viagens demoram entre uma e duas horas e meia, sendo ao fim-de-semana as viagens mais longas. Os horários variam mediante a estação do ano.

O Canal oferece outras actividades de lazer de forma a apreciar o meio ambiente, como passeios de bicicleta e canoagem.

Na margem direita do Canal pode-se visitar o “São António” um antigo moinho de farinha do século XIX, que ainda preserva a velha maquinaria. Através de um tour, é possível apreciar o complexo processo de limpeza e moagem do trigo.

Para mais informação ou reserva, contacte-nos através do telefone 0034 983701923 ou envie um e-mail para: canal.castilla@turisvall.com.
Aconselhamos igualmente a visitar as seguintes cidade ricas em património como Villagarcía, Urueña, La Santa Espina, Montealegre o Villalón de Campos.

No que respeita à gastronomia, pode encontrar antigas receitas que tornam os mais elementais ingredientes em pratos requintados; nomeadamente, cordeiro assado, vários tipos de caça, queijo, carne de porco, enchidos, pão e pastelaria.

Cerrar menú